Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

600 horas de burocracia poderiam ser aliviadas com reforma tributária

600 horas de burocracia poderiam ser aliviadas com reforma tributária

Ainda que não amenize a carga em um primeiro momento, a aprovação da reforma tributária deve aliviar significativamente o tempo gasto pelas empresas com a burocracia. Um estudo da consultoria EY com a ONG Endeavor, divulgado nesta quinta-feira (8) pela coluna Painel SA, do jornal Folha de S. Paulo, aponta que o período dispensado para calcular o pagamento de impostos sobre o consumo poderia ser reduzido de 885 horas para 285 horas anuais. A estimativa leva em conta a proposta em tramitação na Câmara que unifica os cinco tributos sobre o consumo e o tempo que o Banco Mundial avalia como necessário para que as companhias brasileiras cumpram suas obrigações.

Por que é importante
Além do tempo, a burocracia consome dinheiro das empresas. Os dois poderiam ser aplicados em outras iniciativas para fortalecer os negócios
Quem ganha
A defesa da agenda reformista
Quem perde
O atual cenário afeta o crescimento das companhias e da economia em geral