PATROCINADORES

Toffoli derruba decisão que poderia libertar Lula

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, derrubou na noite desta quarta-feira (19) a liminar concedida horas antes pelo ministro Marco Aurélio Mello, que determinava a soltura de todos os presos condenados em segunda instância, mas com o processo ainda em andamento. A decisão beneficiaria o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que cumpre pena em Curitiba. Toffoli atendeu pedido da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que recorreu da decisão de Marco Aurélio. O presidente do STF suspendeu a liminar até 10 de abril de 2019, quando o plenário da Corte deve tomar uma decisão definitiva em relação à prisão após condenação em segunda instância.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 11 =

Pergunte para a

Mônica.