Pesquisar
PATROCINADORES
PATROCINADORES

Roberto Jefferson é multado por homofobia

Ex-parlamentar fez ofensas a ministros do STF

O ex-deputado federal Roberto Jefferson foi multado em R$ 31.970,00 pela Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania de São Paulo por falas homofóbicas durante entrevista ao canal Questione-se, no Facebook, em 2020. O ex-parlamentar está preso desde o dia 23 de outubro após desrespeitar ordem de prisão e atacar policiais federais com fuzis e granadas.

“Falando em nauseabunda, tem 2 ministros lá [no STF] que têm esses gostos, né? É, tem. Tem ministros de rabo preso e 2 de rabo solto. Um é o Carmen Miranda (Edson Fachin) e o outro é o Lulu Boca de Veludo (Luís Roberto Barroso). É uma coisa… Você imagina 1 homem desses julgando“, disse Jefferson.

O ex-deputado ainda falou na entrevista que os magistrados “usam saia não é por saber jurídico”, mas por ‘opção sexual’, termo incorreto para se referir à sexualidade.

O caso foi denunciado na Ouvidoria da Secretária da Justiça pela ex-vereadora da capital Soninha Francine (Cidadania). Fernando José de Costa, secretário da Justiça de SP, disse que o ex-deputado “extrapolou o uso da liberdade de expressão, que, embora seja um direito fundamental, não é absoluto” e não pode justificar atos de preconceito e intolerância.

O que MONEY REPORT publicou:

Roberto Jefferson se entrega à PF

Roberto Jefferson cumpre prisão em Benfica

Roberto Jefferson: da baixaria veio e na baixaria está

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.

[monica]
Pesquisar

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.