Document
PATROCINADORES

PSL cogita fusão se Bolsonaro decidir deixar o partido

O porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, disse na terça-feira (8) que o presidente Jair Bolsonaro não irá se manifestar, por enquanto, sobre uma possível troca de partido.

“O presidente não me autorizou a fazer comentários específicos a esse tema e vos adianto que, se assim ele achar adequado, no devido momento ele fará os seus pronunciamentos”, afirmou.

Em um vídeo divulgado por um apoiador, Bolsonaro deu sinais de descontentamento e de que pode deixar o PSL.

Enquanto isso, segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, a cúpula do partido se organiza para evitar uma debandada geral e traça uma estratégia caso Bolsonaro troque de legenda. Os dirigentes do partido indicaram que vão brigar na Justiça pelos mandatos dos parlamentares que seguirem o mesmo caminho. Além disso, os chefes do PSL não descartam a perspectiva de união com outras agremiações.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.