Document
PATROCINADORES

Para Aras, Lava Jato não pode se perder por “vaidades pessoais”

Indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para ocupar o cargo de procurador-geral da República, Augusto Aras já está em contato com os senadores para garantir sua aprovação à PGR. Em uma prévia da sabatina a qual será submetido na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, Aras se reuniu com alguns senadores no gabinete da presidência da Casa, nesta terça-feira (10). Segundo a edição desta quarta (11) do jornal Folha de S. Paulo, o subprocurador elogiou a Operação Lava Jato, mas afirmou que a investigação não pode se perder em meio a “vaidades pessoais” dos seus integrantes. Aras também teria aproveitado o momento para negar proximidade com o PT, o que gerou ataques de bolsonaristas ao seu nome.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.