PATROCINADORES

Joesley pede para começar a pagar multa de R$ 110 milhões

O empresário Joesley Batista, dono do grupo J&F, encaminhou um documento ao STF solicitando a abertura de uma conta judicial para começar a fazer o pagamento da multa de R$ 110 milhões estipulada em seu acordo de delação premiada. O valor deverá ser pago em dez parcelas anuais corrigidas pela inflação, sendo que a primeira vence dia 1º de junho.

Por que é importante

O acordo de delação premiada de Joesley Batista com a PGR pode ser rescindido pelo STF. Ao pedir a abertura da conta para realizar o pagamento, o empresário sinaliza que pretende cumprir integralmente o acordo. Mas a decisão caberá ao ministro Edson Fachin

Quem ganha

A União, que vai receber 80% da multa

Quem perde

Joesley, com a possibilidade do acordo ser rescindido

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 16 =

Pergunte para a

Mônica.