PATROCINADORES

Eduardo Bolsonaro é destituído da presidência do PSL em São Paulo

O PSL, depois de suspender as atividades parlamentares do deputado federal Eduardo Bolsonaro, decidiu também destituí-lo da presidência do partido em São Paulo. A medida foi publicada na quinta-feira (5) no sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O filho do presidente Jair Bolsonaro estava no comando da sigla no estado desde julho deste ano. Outros integrantes da direção do PSL paulista também foram destituídos, como o deputado federal Luiz Philippe de Orleans e Bragança.

Por que é importante

A decisão é um desdobramento da disputa interna no PSL que culminou na saída do presidente Jair Bolsonaro do partido para fundar uma nova sigla

Quem ganha

O deputado Júnior Bozzella, um dos cotados para assumir a vaga

Quem perde

Aliados de Eduardo, que perdem espaço no partido

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.