Document
PATROCINADORES
PATROCINADORES

Diretor-geral da OMS acredita em fim da pandemia em 2022

O chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS) emitiu uma nota de esperança sobre como vencer a pandemia em 2022 em uma mensagem de véspera de Ano Novo, dizendo que o mundo tinha as “ferramentas para acabar com esta calamidade”, mesmo com novos casos diários de covid atingindo novos recordes.

Contudo, a postagem otimista do diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, que ele compartilhou no LinkedIn na quinta-feira (30), veio com um aviso: quanto mais a desigualdade persistir, mais a pandemia persistirá.nDois anos depois do início da pandemia, as ferramentas disponíveis para combater a covid-19 permanecem distribuídas de forma desigual ao redor do mundo. Na África, três em cada quatro profissionais de saúde permanecem não vacinados, enquanto as pessoas na Europa e nos Estados Unidos estão recebendo a terceira dose de reforço.

Essa lacuna tornou as chances de novas variantes emergirem mais prováveis, “prendendo-nos em um ciclo contínuo de perdas, dificuldades e restrições”, disse Tedros. “Se acabarmos com a desigualdade, acabaremos com a pandemia e com o pesadelo global que todos vivemos. E isso é possível”, acrescentou.

Como parte de suas resoluções de Ano Novo, o chefe da OMS disse que trabalharia em colaboração com os governos para priorizar a distribuição de vacinas para iniciativas globais, como Covax Facility e AVAT, com a meta de vacinar 70% das pessoas em todos os países até meados de 2022.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.