PATROCINADORES

Delação do marqueteiro Duda Mendonça é homologada

O ministro Edson Fachin, do STF, homologou a delação premiada do publicitário Duda Mendonça. Ele poderá prestar informações, entre outras coisas, do repasse de R$ 10 milhões que teria sido feito pela empreiteira Odebrecht ao MDB. Parte do dinheiro teria abastecido a campanha de Paulo Skaf ao governo de São Paulo em 2014. Duda foi responsável pelas ações de marketing de Skaf.

Por que é importante

Esta é a segunda decisão tomada após Supremo autorizar Polícia Federal a fechar acordos de delação premiada sem anuência do Ministério Público. O primeiro acordo homologado foi do ex-ministro Antonio Palocci

Quem ganha

Duda Mendonça. Entre os benefícios, o publicitário pode receber um perdão judicial

Quem perde

Paulo Skaf, que mais uma vez vai tentar concorrer ao governo de São Paulo

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + doze =

Pergunte para a

Mônica.