Document
PATROCINADORES

Defesa de Lula quer pegar carona na onda de bondades da 2ª Turma

Os advogados do ex-presidente Lula apresentaram na quarta-feira (27) um pedido para que a Segunda Turma do STF decida sobre a liberdade do petista em vez do plenário. A defesa alega que o ministro Edson Fachin não apresentou qualquer hipótese prevista no Regimento Interno do STF que autorizasse o relator do caso a submetê-lo ao plenário. A reclamação será analisada pelo presidente do colegiado, o ministro Ricardo Lewandowski.

Por que é importante

A Segunda Turma tomou uma série de decisões controversas nesta semana, como ter colocado em liberdade o ex-ministro José Dirceu. O recurso de Lula seria apreciado na mesma ocasião, mas Fachin decidiu levar o caso para o plenário. O pedido de liberdade de Lula só dever se julgado em agosto, na volta do recesso dos ministros

Quem ganha

A confusão política. A saída de Lula da prisão traria mais instabilidade ao processo eleitoral

Quem perde

A confiança no STF, com a troca de farpas entre os ministros

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.