Document
PATROCINADORES

Com prisão decretada, Flordelis será expulsa do PSD

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) encaminhou à 3ª Vara Criminal de Niterói a prisão preventiva da ex-deputada federal Flordelis. O peduido foi feio nesta sexta-feira (13), na esteira da perda de seu mandato na Câmara dos Deputados , que ocorreu na quarta-feira (11). Os promotores destacam que a liberdade da política, pastora e cantora gospel colocaria em risco a instrução criminal, a aplicação da lei penal e que, mesmo sendo cabível e necessária sua prisão preventiva, não foi possível anteriormente devido à imunidade parlamentar.

Além disso, com a cassação de seu mandato, ela deve ser expulsa do PSD, a qual está filiada desde 2018. O dirtório nacional do partido afirmou à CNN Brasil que está tomando medidas para resolver a questão, mas ainda não há previsão. Flordelis estava suspensa desde 2020, ou seja, desligada das atividades partidárias.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.