PATROCINADORES

Com prisão decretada, Flordelis será expulsa do PSD

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) encaminhou à 3ª Vara Criminal de Niterói a prisão preventiva da ex-deputada federal Flordelis. O peduido foi feio nesta sexta-feira (13), na esteira da perda de seu mandato na Câmara dos Deputados , que ocorreu na quarta-feira (11). Os promotores destacam que a liberdade da política, pastora e cantora gospel colocaria em risco a instrução criminal, a aplicação da lei penal e que, mesmo sendo cabível e necessária sua prisão preventiva, não foi possível anteriormente devido à imunidade parlamentar.

Além disso, com a cassação de seu mandato, ela deve ser expulsa do PSD, a qual está filiada desde 2018. O dirtório nacional do partido afirmou à CNN Brasil que está tomando medidas para resolver a questão, mas ainda não há previsão. Flordelis estava suspensa desde 2020, ou seja, desligada das atividades partidárias.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.