Document
PATROCINADORES
PATROCINADORES

Boletim da Pandemia 6: soro do Butantan, vacina da Moderna e críticas do NYT ao Planalto

Nesta terça-feira (15): Instituto Butantan conclui soro expeerimental contra covid-19, Moderna pode ter sua vacina aprovada nos EUA, The New York Times (imagem) critica condução do governo federal na pandemia e o secretário de saúde da cidade de SP com covid-19.

Vacina em 5 dias, mas sem data
O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou ao STF que o governo federal irá distribuir as vacinas contra a covid-19 em até cinco dias quando forem autorizados pela Anvisa. A afirmação se dá após a cobrança do ministro Ricardo Lewandowski, que deu 48 horas ao Planalto sobre a data de início das vacinações.

Soro contra a covid-19
Após estudos, o Instituto Butantan desenvolveu um soro que pode se tornar uma valiosa ajuda para quem sofre dos efeitos dos sintomas iniciais da covid-19. A instituição discute com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) o início dos testes clínicos da droga, usada para bloquear parcialmente a infecção. Mais de 2 mil frascos estão prontos para experimentos de segurança e eficácia. Se apresentar o resultado esperado na próxima etapa, será uma valiosa contribuição do Brasil, apesar de não significar uma cura.

Vacina da Moderna pode ser aprovada nos EUA
A Administração de Drogas e Alimentos dos EUA (FDA, na sigla em inglês) emitiu nesta terça-feira (15) um parecer, ainda não definitivo, sobre a vacina da farmacêutica Moderna. Uma reunião ainda deve ocorrer para avaliar uma aprovação emergencial do imunizante. Seria a segunda vacina em solo americano a receber a liberação.

“Brincando com Vidas: plano de vacinação do Brasil está mergulhado no caos”, afirma o jornal The New York Times
O jornal americano The New York Times desta terça-feira (15) colocou sob os holofotes internacionais o discutível plano de vacinação brasileiro. Este é mais um episódio das condução do Planalto na pandemia. A capacidade do SUS não foi questionada pela reportagem, pelo contrário. “O Brasil, com seu programa de imunização mundialmente conhecido e uma robusta capacidade de fabricação de medicamentos, deveria ter levado uma vantagem significativa”, afirmou o jornal. O foco foram as disputas políticas e o negacionismo do Executivo perante a ciência. A postura do presidente Jair Bolsonaro também foi criticada. “Eles estão brincando com vidas”, afirmou Denise Garrett, epidemiologista brasileiro-americano do Sabin Vaccine Institute, sediado em Washington. A reportagem apontou que Bolsonaro rejeitou as evidências científicas, chamou o vírus de “gripezinha” e repreendeu os governadores que impuseram medidas de quarentena. Tanto que hoje discursou diante de uma multidão em São Paulo, quando participou de um evento no Ceagesp.

Secretário de Saúde da cidade de SP com covid-19
Foi divulgado nesta terça-feira (15) que o secretário de Saúde da cidade de São Paulo, Edson Aparecido, foi diagnosticado com covid-19. De acordo com as informações, ele está assintomático e segue com os despachos da pasta partir de casa. Aparecido tem 62 anos e faz parte do grupo de risco.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.