Document
PATROCINADORES
PATROCINADORES

Boletim da Pandemia 5: a primeira imunização nos EUA, CoronaVac adiada e indígenas largados

Nesta segunda-feira (14): a primeira pessoa vacina nos Estados Unidos, o adiamento da apresentação dos resultados da CoronaVac e como o Plano Nacional de Imunização (PNI) desconsiderou boa parte dos indígenas brasileiros.

Sandra, a primeira imunizada nos EUA
Após Atingir quase 300 mil mortos por covid-19, os EUA vacinaram a primeira pessoa. A escolhida foi a enfermeira do Long Island Jewish Medical Center, Sandra Lindsay (imagem). A agulhada foi transmitida em um evento virtual que teve a presença do governador do estado, Andrew Cuomo.

Reino Unido detecta nova cepa do vírus
O Reino Unido identificou uma nova variação do coronavírus presente em pacientes internados no sul da Inglaterra. A informação foi compartilhada nesta segunda-feira pelo secretário de Saúde, Matt Hancock, em reunião com parlamentares. Há suspeita que esta cepa do vírus tenha alguma relação com a segunda onda de casos no país. A Organização Mundial de Saúde (OMS) foi notificada.

Instituto Butantan adia resultados
A apresentação dos documentos sobre a eficácia da CoronaVac, vacina desenvolvida pela farmacêutica SinoVac em parceria com o Instituto Butantan, serão enviados à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) só em 23 de dezembro. A intenção inicial era fazer isso nesta terça-feira (15). O imunizante já está na terceira fase dos testes e precisa ser analisado pelo órgão sanitário para ser – ou não liberado para uso emergencial. Em entrevista à GloboNews, nesta segunda-feira, o diretor da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), Renato Kfouri, afirmou: “Às vezes o tempo da definição estatística, da tabulação desses dados, precisa ser respeitado para que tenha uma apresentação melhor. É muito ruim para qualquer laboratório apresentar para uma agência regulatória, qualquer que seja, no caso aqui é a Anvisa, dados incompletos, inconsistentes, que, eventualmente, não permitam a aprovação de um produto”. E apesar da urgência da população e dos governos, “é o tempo da ciência”, completou.

PNI exclui metade dos indígenas
O plano de vacinação apresentado pelo governo federal (sem data) no sábado (13) excluiu, sem explicações, metade da população indígena brasileira dos grupos prioritários para receber o imunizante, conforme mostra a tabela apresentada no documento (abaixo). O censo do IBGE de 2010 apontou que a população indígena era próxima de 897 mil, mas no documento consta que apenas 410 mil devem serão imunizadas – uma nota de rodapé (abaixo) do PNI explica que incluiu apenas os que vivem em terras indígenas, excluindo os que vivem em cidades ou áreas não necessariamente demarcadas.

PNI
PNI

Plano Estadual de Imunização: um equívoco
Enquanto o governo federal patina sobre sua estratégia nacional para imunizar a população, estados e municípios tentam correr por fora para tentar garantir algum atendimento para seus cidadãos. Fora do debate político, os imbróglios por trás deste cenário podem ser nocivos para a população. Quando adotado em 1973, o Plano Nacional de Imunização visava erradicar e prevenir doenças gratuitamente, sem distinguir classes sociais, no que se tornou um modelo internacional com as bem-sucedidas campanhas contra a varíola e a poliomielite. Para a microbiologista e presidente do Instituto Questão de Ciência, Natália Pasternak, em entrevista ao UOL: “Se isso acontecer de forma individualizada, com estratégias diferentes, alguns estados mais ricos podem conseguir melhores acordos e comprar mais doses de vacina; e assim, efetivamente, vacinar a sua população, enquanto os mais pobres ficam a ver navios”, afirmou.

Covid-19 no Brasil inteiro
A pequena cidade mineira de Cedro do Abaeté, de pouco mais de 1,2 mil habitantes, conforme o censo do IBGE (2010), registrou seus dois primeiros casos de covid-19 no domingo (13). Agora é oficial, o coronavírus alcançou todas os municípios do Brasl.

No Natal belga, só um convidado poderá ir ao banheiro
A vacinação na Bélgica deve começar em 5 de janeiro, após as festas. Até lá, o governo instituiu que nas festas em residências, apenas um do máximo de quatro convidados permitidos pode usar o banheiro dos anfitriões durante a ceia natalina. O governo também determinou que as conversas só devem ocorrer no jardim ou em ambientes abertos. Como este controle vai ocorrer? Não se sabe. A Bélgica é o país com mais óbitos por milhão na pandemia.

Deputado é internado por covid-19

O deputado federal, Elmar Nascimento (DEM-BA), foi internado (hospital não revelado) nesta segunda-feira (14), diagnosticado com covid-19. Ele apresentou piora em seu quadro clínico e estava em isolamento há 10 dias. O parlamentar é um principais nomes cotados para sucessão de Rodrigo Maia (DEM-RJ) à presidência da Câmara dos Deputados.

Deputado Elmar Nascimento (DEM-BA) sessão no Plenário da Câmara

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.