Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Lucro das empresas brasileiras de capital aberto sobe 9,1% no 1º tri

Lucro das empresas brasileiras de capital aberto sobe 9,1% no 1º tri

Levantamento da Economática mostra que as empresas brasileiras de capital aberto tiveram lucro consolidado de R$ 42,1 bilhões no primeiro trimestre de 2019, alta de 9,14% em relação ao mesmo período do ano passado. O resultado não considera os balanços de Petrobras, Vale e Oi, que acabam distorcendo a amostra. Considerando as três empresas, o lucro somado foi de R$ 40,2 bilhões entre janeiro e março, queda de 50,4% na comparação anual – em grande parte graças à Oi, que havia registrado lucro de R$ 30,5 bilhões no primeiro trimestre de 2018, em virtude da reestruturação de sua dívida.

O resultado das 304 companhias analisadas foi puxado pelos grandes bancos. Entre as cinco empresas que mais lucraram, quatro pertencem ao setor financeiro: Itaú Unibanco, Bradesco, Banco do Brasil e Santander Brasil. A exceção é a Petrobras, que aparece em terceiro lugar na lista. Desconsiderando os bancos, o lucro dos demais setores somou R$ 20,5 bilhões no trimestre, queda de 2,55% na comparação anual.

Por que é importante
A melhora financeira das empresas ajuda a amenizar as perdas da bolsa brasileira, que tem sofrido com a incerteza no cenário macroeconômico
Quem ganha
O Itaú Unibanco teve lucro de R$ 6,7 bilhões entre janeiro e março, melhor resultado para o período
Quem perde
Com prejuízo de R$ 6,4 bilhões, a Vale teve o pior resultado no trimestre

Envie seu comentário