Document
PATROCINADORES

Grupo La Torre quer ser carbono zero até 2022

O grupo hoteleiro La Torre, que atua em Porto Seguro (BA), almeja se tornar tornar carbono zero até 2022. A empresa quer instituir uma balança ecológica que equilibre as suas emissões com a captura equivalente de gases de efeito estufa por meio de preservação, compensações e medidas economicamente sustentáveis. Pode parecer pouco, afinal a pegada de um resort é muito inferior a de grandes indústrias ou atividades extrativistas. Porém, cada um precisa fazer a sua parte. No caso do La Torre Resort, é ajudar a preservar uma das mais belas regiões do Brasil.

O empresário Luigi Rotunno, diretor-geral do resort, centrou a mudança em três parcerias: Moss Earth, primeira iniciativa de ativos verdes para compensação de carbono, Eco Life, empresa de reciclagem certificada, e Ecocircuito, responsável pelos biodigestores que vão tratar os resíduos orgânicos. Além disso, o grupo está avaliando toda a cadeia de fornecedores e parceiros para criar um ecossistema comercial que tenha o mesmo objetivo de sustentabilidade. O resultado seguinte deve ser a adoção do mesmo esquema por parte de outras empresas da região.

“Nossa paixão sempre foi a arte de receber e servir com excelência, agora somando com a capacidade de compensar nossa pegada de carbono, nosso compromisso assume um sentido maior ainda. O planeta importa e cuidar dele e de todas as suas formas de vidas é nosso conceito de sustentabilidade”, afirmou Rotunno.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.