PATROCINADORES

Equipe de Bolsonaro quer saber detalhes de acordo Embraer-Boeing

A compra da principal divisão da Embraer pela americana Boeing já foi encaminhada pelo governo Temer, mas os auxiliares de Jair Bolsonaro, novo presidente, ainda querem saber mais sobre o acordo. “Tem que ver os termos desse acordo. Ele tem que ser favorável, tem que ser alguma coisa que seja vantajosa para o país”, afirmou o general da reserva Augusto Heleno, apontado como futuro ministro da Defesa. No entanto, Heleno admitiu que a atual administração tem autonomia para tomar uma decisão. “Não é porque o governo está saindo que não pode tomar nenhuma atitude. O governo termina no dia 31 de dezembro”, completou.

Por que é importante

As duas empresas negociam para criar uma joint venture, que envolveria a área de aviação comercial da companhia brasileira

Quem ganha

Os que têm uma postura crítica à parceria

Quem perde

Os que gostariam de ver o acordo fechado o mais rápido possível

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + dezenove =

Pergunte para a

Mônica.