Document
PATROCINADORES

Flapper barateia voos executivos ao vender assentos vagos

Em entrevista a MONEY REPORT, Paul Malicki, CEO da Flapper, empresa de aviação privada sob demanda, explicou como funciona esse modelo de negócio e como faz para atender as rotas não contempladas pelas linhas aéreas. O segredo está na rapidez. Se alguém deseja voar para determinada cidade, pode ser chamado com antecedência se surgir alguma poltrona vazia em um voo executivo. Outra alternativa é aproveitar os voos de retorno, que costumam ficar vazios. Entre os principais destinos, Angra (RJ), Trancoso (BA), Ilhabela (SP), além de Rio, São Paulo e Brasília. Para um voo no eixo Rio-SP que voltaria vazio, uma passagem não fica acima de R$ 2 mil.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.