PATROCINADORES

Trump diz que armar professores dos EUA deteria massacres “instantaneamente”

Por Makini Brice

WASHINGTON (Reuters) – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, insistiu nesta quinta-feira em seu pedido para armar professores após o massacre a tiros em uma escola da Flórida na semana passada, dizendo que a medida se limitaria àqueles com treinamento militar ou especial, mas que “solucionaria o problema instantaneamente”.

A ideia já provocou enorme polêmica em um país no qual existe uma grande discórdia sobre como conter os massacres e a violência cotidiana envolvendo armas de fogo.

Trump, republicano que apoia o direito às armas, aventou a hipótese de armar professores na quarta-feira, durante uma reunião emotiva de uma hora com alunos que sobreviveram ao ataque à escola de ensino médio na Flórida e um dos pais de uma criança que morreu.

“Professores/instrutores altamente treinados, adeptos das armas, solucionariam o problema instantaneamente, antes de a polícia chegar. Grande impedimento!”, escreveu Trump em uma série de postagens no Twitter no início desta quinta-feira.

Dezessete alunos e funcionários foram mortos a tiros na escola Marjory Stoneman Douglas, de Parkland, na Flórida, o segundo maior massacre a tiros em uma escola pública dos EUA.

Nikolas Cruz, ex-aluno de 19 anos, foi acusado do assassinato em massa. As autoridades dizem que ele estava armado com um fuzil semiautomático estilo AR-15.

Também na quarta-feira, Trump disse que tornará a verificação de antecedentes de compradores de armas mais rigorosa e que cogita aumentar a idade mínima para a compra de alguns tipos de arma.

Na reunião, ele opinou que “se você tivesse um professor… que fosse adepto das armas, ele poderia muito bem acabar com o ataque muito rápido”.

tagreuters.com2018binary_LYNXNPEE1L1JO-VIEWIMAGE

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × um =

Pergunte para a

Mônica.