Document
PATROCINADORES

Reino Unido identificou russos suspeitos de ataque contra ex-espião Skripal, diz Press Association

Por Guy Faulconbridge

LONDRES (Reuters) – A polícia britânica identificou diversos russos que estariam por trás do ataque com um agente nervoso contra o ex-agente duplo Sergei Skripal e sua filha, reportou a Press Association nesta quinta-feira, citando uma fonte com conhecimento da investigação.

Skripal, ex-coronel do serviço de inteligência militar russo que entregou diversos agentes russos para o serviço internacional de espionagem britânico, o MI6, e sua filha Yulia, foram encontrados inconscientes em um banco público na cidade de Salisbury, na Inglaterra, no dia 4 de março.

Após analisar imagens de câmeras de segurança, a polícia britânica acredita que diversos russos estão envolvidos no ataque contra os Skripals, que passaram semanas hospitalizados antes de serem enviados para uma localização secreta, segundo a Press Association.

“Investigadores acreditam ter identificado os supostos autores do ataque com Novichok”, disse a fonte não identificada em referência ao agente nervoso utilizado contra o ex-espião, de acordo com a agência.

“Eles (os investigadores) têm certeza que eles (os suspeitos) são russos”, acrescentou.

tagreuters.com2018binary_LYNXMPEE6I0YM-VIEWIMAGE

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.