PATROCINADORES

Previdência não pode ser pautada mesmo que estivesse pronta para votar, diz Maia

BRASÍLIA (Reuters) – A reforma da Previdência não poderia ser pautada para votação mesmo que estivesse pronta para ir a voto por conta da intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro, disse nesta segunda-feira o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Maia disse que, mesmo sem a reforma da Previdência, o ano de 2018 pode ser positivo, pois há um conjunto de medidas acertadas com a equipe econômica do governo do presidente Michel Temer que devem ser votadas no Legislativo.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − treze =

Pergunte para a

Mônica.