Document
PATROCINADORES

Maioria de turcos estão bem integrados na Alemanha, diz governo após comentário de Ozil sobre racismo

BERLIM (Reuters) – A maior parte das cerca de 3 milhões de pessoas com origem turca que vivem na Alemanha estão bem integradas, disse uma porta-voz da chanceler alemã, Angela Merkel, nesta segunda-feira, depois que o astro do futebol alemão Mesut Ozil anunciou sua aposentadoria da seleção do país citando caso de racismo.

A porta-voz destacou que pessoas de origem migrante são bem-vindas na Alemanha e acrescentou que Merkel valoriza Ozil.

A porta-voz, que descreveu o meia alemão como um ótimo jogador de futebol que fez muito pela seleção, disse que Merkel respeita a decisão de Ozil de deixar o time.

No domingo, o jogador anunciou sua aposentadoria do futebol de seleções com efeito imediato, alegando o que considerou ser uma discriminação injusta em torno de seu encontro com o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, em maio.

Ozil, de 29 anos, integrou a seleção alemã que foi eliminada na fase de grupos da Copa do Mundo na Rússia e foi alvo de críticas por suas atuações, bem como por seu encontro com Erdogan, acusado de violações de direitos humanos.

(Reportagem de Michelle Martin e Riham Alkousaa)

tagreuters.com2018binary_LYNXMPEE6M0U5-VIEWIMAGE

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.