Document
PATROCINADORES

Kremlin diz que ofereceu ajuda em investigação de ataque em Salisbury, mas oferta foi rejeitada

MOSCOU (Reuters) – O Kremlin disse nesta quinta-feira que ofereceu assistência ao Reino Unido para investigar um ataque com agente nervoso contra um ex-espião russo e sua filha na cidade britânica de Salisbury em março, mas a oferta foi rejeitada pelo Reino Unido.

Moscou estava respondendo a comentários do ministro de Segurança do Reino Unido, Ben Wallace, que mais cedo nesta quinta-feira pediu que a Rússia fornecesse detalhes sobre o ataque com o agente nervoso Novichok contra o ex-espião, depois que dois cidadãos britânicos foram envenenados pela mesma substância esta semana.

(Reportagem de Andrew Osborn e Polina Nikolskaya)

tagreuters.com2018binary_LYNXMPEE640YF-VIEWIMAGE

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.