PATROCINADORES

Incêndio florestal agressivo ameaça milhares de casas em cidade do sul da Califórnia

Por Alex Dobuzinskis

LOS ANGELES (Reuters) – Centenas de bombeiros do Estado norte-americano da Califórnia estavam construindo barreiras e erguendo linhas de contenção na manhã desta sexta-feira para frear a aproximação de um incêndio florestal que ameaça milhares de casas em uma cidade à beira de um lago a sudeste de Los Angeles.

Mais de 21 mil pessoas foram retiradas dentro e nos arredores da comunidade de Lake Elsinore, onde chamas furiosas e colunas de fumaça subiram aos céus sobre o município de 60 mil habitantes enquanto o incêndio apelidado de Fogo Sagrado ardia nas vizinhas montanhas de Santa Ana.

“Parece uma zona de guerra”, disse Ana Tran ao jornal Los Angeles Times enquanto cinzas e retardantes de chamas choviam sobre seu bairro.

O incêndio, que só está 5 por cento contido, estava sendo alimentado pela vegetação seca que cobre o terreno íngreme e por rajadas de vento durante a noite, disse o porta-voz Thanh Nguyen a respeito do incidente.

“Correntes descendentes fortes estão fazendo o fogo descer a colina agressivamente”, explicou Nguyen, observando que os bombeiros estão trabalhando para erguer barreiras e linhas de contenção para proteger mais de duas mil moradias ameaçadas pelo incêndio.

Três bombeiros sofreram ferimentos leves combatendo o incêndio relativamente pequeno que consumiu mais de 4.128 hectares desde que começou na terça-feira, disseram autoridades dos bombeiros.

O governador Jerry Brown declarou um estado de emergência na área na quinta-feira, liberando recursos adicionais para enfrentar as chamas. Forrest Clark, de 51 anos, foi acusado de atear o fogo, informou a procuradoria do condado de Orange.

O Fogo Sagrado é um dos vários incêndios se alastrando pela Califórnia que deslocaram dezenas de milhares de pessoas.

Incêndios florestais em todo o Estado e região podem ser ainda mais estimulados por rajadas fortes, baixa umidade e clima quente nesta sexta-feira e no sábado, alertaram meteorologistas.

No norte da Califórnia, um mecânico que ajudava a combater o Incêndio Carr nos arredores de Redding morreu em uma colisão de automóveis na quinta-feira, elevando o saldo de mortes resultantes do incêndio para oito, disse o Departamento de Florestas e Proteção contra Incêndios da Califórnia (Cal Fire).

O Incêndio Carr, que ocupa 72 mil hectares, matou dois outros bombeiros e três membros de uma família e destruiu quase 1.100 casas.

tagreuters.com2018binary_LYNXMPEE790PQ-VIEWIMAGE

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − dois =

Pergunte para a

Mônica.