Document
PATROCINADORES

Harry Kane marca duas vezes e Inglaterra consegue vencer Tunísia por 2 x 1

Por William Schomberg

VOLGOGRADO (Reuters) – O capitão da Inglaterra Harry Kane marcou duas vezes, a última delas nos acréscimos do segundo tempo, e garantiu a vitória de sua seleção por 2 x 1 sobre a Tunísia na partida de estreia na Copa do Mundo nesta segunda-feira. 

Quando parecia que a Inglaterra iria estender seu histórico de partidas decepcionantes em Copas do Mundo, Kane escorou para o gol de cabeça na segunda trave após um desvio em cobrança de escanteio aos 46 minutos do segundo tempo. 

A Inglaterra havia prometido iniciar sua campanha no ataque e partiu para cima da Tunísia desde o início do jogo do grupo G, com seus jogadores de vermelho correndo e ocupando os espaços abertos do campo. 

Kane colocou a Inglaterra na frente aos 11 minutos, quando o goleiro da Tunísia Mouez Hassen fez uma boa defesa de uma cabeçada de John Stones mas deu o rebote para o atacante, que não desperdiçou. 

“Com 1 x 1 no placar tínhamos o plano de ir para cima, mas não nos abrirmos para os contra-ataques”, disse o técnico da Inglaterra, Gareth Southgatge. “No final a pressão cresceu e cresceu. Fizemos as coisas certas, tomamos boas decisões e merecemos a vitória.” 

A Tunísia veio à Rússia com a reputação de ser difícil de ser atacada. Em vez disso, a seleção norte-africana esteve aberta por repetidas vezes e foi atacada pela Inglaterra desde o início, especialmente pelo lado direito com Kieran Trippier. 

Apesar do gol no início, a Inglaterra não foi eficiente na frente do gol na noite quente às margens do rio Volga, com alguns de seus jogadores incomodados por nuvens de mosquitos. 

A Inglaterra pagou o preço pelo desperdício quando os tunisianos, que mal tinha começado a pressionar, receberam um pênalti no final da primeira etapa. O zagueiro Kyle Walker girou o braço para trás e acertou Fakhereddine Ben Youssef no rosto e o juiz colombiano Wilmar Roldan marcou a penalidade. 

Ferjani Sassi, depois de aparecer sussurrando uma oração para si mesmo, bateu com força no canto esquerdo de baixo do goleiro Jordan Pickford e converteu a cobrança aos 35 minutos. 

A Inglaterra reclamou alguns pênaltis para si mas manteve a mesma intensidade no ataque no segundo tempo. A Tunísia parecia mais confortável na defesa, e se contentava com o empate até o gol de Kane aos 46 minutos. 

Depois de uma cobrança de escanteio de Trippier, um desvio de Harry Maguire encontrou o atacante do Tottenham Hotspur na segunda trave e ele não desperdiçou, levando a Inglaterra à vitória na estreia.

tagreuters.com2018binary_LYNXMPEE5H1YK-VIEWIMAGE

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.