PATROCINADORES

Capitão do Peru Guerrero recebe autorização para jogar Copa do Mundo após decisão de corte

Por Brian Homewood

ZURIQUE (Reuters) – O capitão da seleção do Peru, Paolo Guerrero, foi autorizado a disputar a Copa do Mundo do mês que vem depois que um tribunal suíço concordou nesta quinta-feira em cancelar temporariamente sua suspensão por doping enquanto analisa sua apelação contra uma punição de 14 meses.

No lance mais recente de uma longa saga que tem deixado a nação andina sob suspense, o Tribunal Federal Suíço reconheceu que seria duro para Guerrero perder o que provavelmente será sua única chance de disputar o torneio.

“O presidente da corte levou em conta os contratempos de todos os tipos que o apelante, já com 34 anos de idade, sofreria se fosse impedido de participar de uma competição que será a culminação de sua carreira como jogador de futebol”, disse a corte em um comunicado.

O tribunal também reconheceu que Guerrero, que testou positivo para um subproduto da cocaína – contido em um chá que bebeu – em outubro, “não agiu intencionalmente ou com negligência significativa”.

A corte, a última instância de apelação do sistema judicial esportivo, disse que analisará os méritos da apelação em si assim que receber integralmente a decisão final da Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês), que impôs a suspensão no início deste mês.

Guerrero, que muito provavelmente não teria outra chance de jogar a Copa do Mundo mesmo se o Peru se classificasse novamente, agora está livre para conduzir sua seleção em sua primeira atuação no Mundial em 36 anos.

O Peru enfrenta França, Austrália e Dinamarca no Grupo C no torneio, que começa no dia 14 de junho.

(Por Michael Shields e Brian Homewood)

tagreuters.com2018binary_LYNXNPEE4U286-VIEWIMAGE

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 4 =

Pergunte para a

Mônica.