Document
PATROCINADORES

Alckmin diz que pretende escolher vice até convenção do PSDB

BRASÍLIA (Reuters) – O pré-candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, afirmou nesta quarta-feira que pretende fechar a escolha do vice da sua chapa na corrida ao Palácio do Planalto até sábado, dia em que será realizada em Brasília a convenção nacional do partido que vai oficializar seu nome na disputa.

Questionado em entrevista coletiva sobre o nome de companheiro de chapa, o tucano desconversou e disse que há “ótimos nomes” para a vaga, todos com grande representatividade e serviços prestados ao país.

Contudo, o ex-governador paulista comentou aos jornalistas que avalia que o vice não deve ser de São Paulo, ao destacar que o Brasil é um país federativo e seria simbólico haver representante de outro Estado.

“Temos toda a liberdade de escolher o candidato de vice-presidente, vamos fazer conversando e sem pressa”, disse ele, em entrevista após a convenção do PRB que oficializou apoio a seu nome. Ele citou que o ex-presidente da Câmara Aldo Rabelo (SD-SP) seria um “bom nome”, mesmo quando foi questionado se não seria muito à esquerda –ele é oriundo do PCdoB.

Alckmin iria se reunir ainda nesta quarta com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Na quinta-feira, participa da convenção do DEM que oficializa o apoio a ele.

Há duas semanas, DEM, PRB, PP, PR e Solidariedade decidiram apoiar Alckmin para o Planalto, quando estavam em negociações avançadas com o candidato do PDT, Ciro Gomes.

(Reportagem de Ricardo Brito)

tagreuters.com2018binary_LYNXMPEE703PR-VIEWIMAGE

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.