Document
PATROCINADORES

STJ nega medida cautelar a Bradespar e Litel para suspender pagamento de multa bilionária à Elétron

SÃO PAULO (Reuters) – A Bradespar informou nesta terça-feira que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) não concedeu medida cautelar para suspender um ordem judicial para que a holding e a Litel depositem cerca de 4,5 bilhões de reais em ação de indenização à Elétron.

O caso diz respeito a uma disputa na qual a Elétron, do empresário Daniel Dantas, demanda uma indenização da Bradespar –braço de investimentos do Bradesco que concentra aplicações nas ações da Vale– e da Litel –que reúne participações de fundos de pensão na mineradora.

Uma decisão de primeira instância da Justiça determinou no final de julho que Bradespar e Litel pagassem à Elétron 4 bilhões de reais, indenização fixada num laudo pericial feito por um juízo arbitral.

A Bradespar disse ainda que “seus assessores jurídicos propuseram os recursos cabíveis junto ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro”.

(Por Flavia Bohone)

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.