PATROCINADORES

Perda de receitas e subsídios enfraquecem perspectivas fiscais do Brasil, diz Moody’s

SÃO PAULO (Reuters) – A perda de arrecadação provocada pelos benefícios concedidos pelo governo Michel Temer em acordo com os caminhoneiros é um fator negativo para o perfil de crédito soberano do país, disse a Moody’s nesta terça-feira.

O programa de subsídios ao óleo diesel elevará a rigidez do Orçamento e pode enfraquecer as perspectivas fiscais de curto e médio prazo do Brasil, afirma Samar Maziad, vice-presidente e analista sênior da Moody’s, segundo comunicado da agência de classificação de rating.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 − um =

Pergunte para a

Mônica.