Document
PATROCINADORES

Marfrig diz que presidente do conselho fez acordo com MPF para eventuais danos ligados a Cui Bono

SÃO PAULO (Reuters) – A Marfrig informou nesta terça-feira que o presidente do conselho de administração da companhia, Marcos Molina dos Santos, celebrou com o Ministério Público Federal (MPF) um termo de compromisso de reparação de eventuais danos relacionados a operação Cui Bono, da Polícia Federal, que investiga irregularidades na Caixa Econômica Federal.

“Vale destacar que não se trata de um acordo de delação ou colaboração, e não configura admissão de culpa, de modo que suas atividades empresariais não serão impactadas”, afirmou a Marfrig em comunicado ao mercado, acrescentando que o termo de compromisso isenta a companhia de qualquer tipo de pagamento e impacto patrimonial futuro.

(Por Paula Arend Laier)

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.