Document
PATROCINADORES

Governo discute proteção a consumidor de combustível, diz pasta de Minas e Energia

SÃO PAULO (Reuters) – O governo federal iniciou nesta sexta-feira uma discussão sobre como criar um “mecanismo de proteção ao consumidor final” de combustíveis, mas de maneira que não impacte a política de preços da Petrobras e de outras empresas do setor, disse em nota o Ministério de Minas e Energia.

O movimento, que segundo a pasta envolveu técnicos do ministério e da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), aconteceu no mesmo dia em que o presidente da Petrobras, Pedro Parente, apresentou pedido de demissão do cargo.

Na carta em que apresentou a renúncia, vista pela Reuters, Parente afirmou que não gostaria de ser “um empecilho” para discussões do governo referentes às políticas para os combustíveis.

(Por Luciano Costa)

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.