PATROCINADORES

Economia da zona do euro perde força em fevereiro, mas continua robusto

LONDRES (Reuters) – O boom econômico da zona do euro deu uma pausa no mês passado, uma vez que o aumento dos preços impactou na demanda, mas a região permanece em curso para o seu melhor crescimento em oito anos, mostrou a pesquisa Índice Gerente de Compras (PMI, na sigla em inglês) divulgada nesta segunda-feira.

O crescimento foi robusto e amplo, com países em toda a região informando expansão, boas notícias para o Banco Central Europeu (BCE), que procura acabar com sua política monetária ultra fácil.

O índice composto, visto como um bom indicador geral de crescimento para a zona do euro, caiu para 57,1 em fevereiro em relação aos 58,8 de janeiro e abaixo da estimativa de 57,5. O indicador ficou ainda bem acima da marca de 50, que separa crescimento de contração.

O PMI de serviços, por sua vez, ficou em 56,2 em fevereiro, frente a 58,0 em janeiro e 56,7 preliminar.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 1 =

Pergunte para a

Mônica.