Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Produto nacional custa 30% mais que o mesmo feito no exterior

Produto nacional custa 30% mais que o mesmo feito no exterior

Estudo elaborado pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), publicado pelo jornal O Estado de S. Paulo, mostra que um produto feito no Brasil pode ser até 30% mais caro que o mesmo produzido nos Estados Unidos ou na Alemanha. Entre os fatores que prejudicam a indústria nacional, a entidade apontou juros altos, burocracia e carga tributária. Em entrevista ao Estadão, Fernando Bueno, presidente da Bitzer no Brasil, única fabricante de compressores e equipamentos para refrigeração no Hemisfério Sul, disse que as exportações da empresa caíram de 35% para 15% nos últimos anos. “Da porta para dentro, somos tão competitivos quanto nossa fábrica alemã, mas, da porta para fora nosso produto custa em torno de 30% mais”, apontou.

Por que é importante
O próximo presidente terá o desafio de melhorar o ambiente de negócios no país e criar condições para que as empresas nacionais possam concorrer com as estrangeiras
Quem ganha
As empresas norte-americanas e alemãs, com maior espaço no mercado
Quem perde
A competitividade da indústria brasileira

Envie seu comentário

4 × 3 =