Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

IBGE indica recorde de desigualdade

IBGE indica recorde de desigualdade

Pesquisa do IBGE divulgada nesta quarta-feira (16) mostra um aumento da diferença entre os rendimentos dos mais ricos e dos mais pobres no país. O estudo revela que 10% da população com maiores ganhos concentra 43,1% da massa de rendimentos, com R$ 119,6 bilhões. No outro oposto, os 10% mais pobres ficam com apenas 0,8% dos rendimentos, o que corresponde a R$ 2,2 bilhões. Com esses dados, o Brasil é o país democrático mais desigual do mundo, atrás apenas do Catar. A desigualdade coincidiu com a diminuição dos lares beneficiados pelo Bolsa Família nos últimos anos – de 15,9% em 2012 para 13,7% em 2018.

Envie seu comentário

dez + 11 =