Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

CNI pede mais 90 dias para entrega do IRPF

CNI pede mais 90 dias para entrega do IRPF

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) enviou pedidos ao ministro da Economia, Paulo Guedes, e ao secretário da Receita, José Tostes Neto, para que a entrega do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) seja prorrogada até 31 de julho. O prazo se encerra em 30 de abril. O Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco Nacional) já havia pedido uma extensão até 31 de maio. De acordo com a Receita, mais de 7,5 milhões de contribuintes já entregaram suas declarações.

As justificativas da CNI são os estragos econômicos da pandemia e dificuldades impostas pelo isolamento social. Assinado pelo presidente da entidade, Robson Braga de Andrade, o documento afirma: “A medida tem o objetivo, sobretudo, de evitar uma sobrecarga para as diversas categorias profissionais que vêm se dedicando a garantir o regular funcionamento de atividades essenciais para que a sociedade brasileira consiga atravessar a grave crise que enfrenta, em decorrência da pandemia da covid-19”.

Foi a segunda proposta de adiamento apresentada pela CNI. Em 18 de março, a confederação pediu ao governo federal e ao Congresso Nacional o adiamento, também por 90 dias, do pagamento de todos os tributos federais das empresas e da apresentação das obrigações acessórias.

Envie seu comentário

17 + um =