Document
PATROCINADORES

Brasil terá mais portos arrendados até 2022 do que nos últimos cinco anos

Nos próximos dois anos, o governo Bolsonaro deve concluir as licitações de mais terminais portuários do que os arrendamento firmados nos últimos cinco anos. O balanço consta de reportagem do jornal Valor Econômico, segundo a qual, os leilões realizados até 2022 aumentarão para R$ 10,7 bilhões os investimentos previstos nos contratos das áreas arrendadas pela iniciativa privada. Até o fim de 2022, a previsão é de realização de 31 leilões. Nos últimos cinco anos foram leiloados 29 terminais.

As próximas licitações estão previstas para 18 de dezembro. São dois terminais em Aratu (BA) – um de movimentação de minério e outro de grãos -, um em Paranaguá (PR) – de veículos -, e um em Maceió (AL) – destinado à granéis líquidos. Os demais 27 terminais portuários que irão à leilão estão distribuídos pelos estados do Amapá (um terminal), Pará (dois), Maranhão (cinco), Ceará (dois), Rio Grande do Norte (um), Pernambuco (um), Alagoas (são mais quatro além do previsto para este ano), São Paulo (cinco), Paraná (mais cinco, além dos que ocorrerão este ano) e Rio Grande do Sul (um).

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.