Document
PATROCINADORES

BNDES fecha 2018 com lucro de R$ 6,7 bilhões

Presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy anunciou nesta quarta-feira (27) que o banco fechou 2018 com lucro líquido de R$ 6,7 bilhões, alta de 8,5% na comparação com 2017. Segundo Levy, o resultado foi impulsionado pelas vendas da instituição em participações societárias, que somaram R$ 6,1 bilhões no ano passado. O BNDES vendeu posições em empresas como Vale (R$ 2,6 bilhões), Petrobras (R$ 2,2 bilhões) e Eletropaulo (R$ 1,1 bilhão). “Isso reflete a redução de investimentos da economia brasileira. Os empréstimos foram uma política do governo em dado momento e responderam às necessidades daquele momento. É importante lembrar que também vamos rebalancear nossa carteira para focar em startups ao invés de aplicar em empresas já consolidadas”, afirmou o ex-ministro da Fazenda.

Por que é importante

O resultado financeiro reflete as diretrizes do BNDES que vêm desde 2016, com um banco cada vez mais enxuto e focado em áreas consideradas estratégicas para a economia brasileira

Quem ganha

O BNDES, que vai se recuperando após gastos desenfreados em gestões anteriores

Quem perde

Defensores de uma política desenvolvimentista, que apoiam um banco mais expansionista

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.