PATROCINADORES

As 15 ações que se beneficiarão do corte de juros, segundo o Morgan Stanley

O Copom anunciou nesta quarta-feira (31) a nova taxa de juros brasileira, que ficou em 6% após um corte de 0,5 ponto percentual, novo patamar mínimo histórico. Diante dessa situação, analistas do banco Morgan Stanley elaboraram um estudo relatando quais ações se beneficiariam desta redução na Selic.

Segundo o relatório, empresas com maior exposição à classe C devem ganhar mais com um ciclo de redução das taxas. São elas: Oi (OIBR3), Marfrig (MRFG3), Light (LIGT3), Cyrela (CYRE3), CVC (CVCB3), Cemig (CMIG4), Atento (listada apenas nas bolsas dos EUA), BRF (BRFS3), Grupo Pão de Açúcar (PCAR4), AES Tietê (TIET11), JBS (JBSS3), Iguatemi (IGTA3), Anima (ANIM3), Marisa Lojas (AMAR3) e Iochpe Maxion (MYPK3).

Por que é importante

Nesta quarta-feira, o Ibovespa cortou em 0,5% a taxa de juros brasileira, reduzindo para 6% a Selic. Mais cedo, o FED americano também reduziu os juros em 0,25%, na primeira vez que isso ocorre desde 2008

Quem ganha

Os investidores que possuem ações destas empresas

Quem perde

Os investidores que apostam em renda fixa

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 5 =

Pergunte para a

Mônica.