PATROCINADORES

Ibovespa recua após três altas seguidas e volta aos 95 mil pontos

Após encerrar três sessões seguidas em alta, o Ibovespa voltou a cair nesta terça-feira (2), em um dia sem grandes novidades para o mercado. O índice recuou 0,70%, aos 95.387 pontos, em um pregão volátil para a bolsa brasileira, que chegou aos 96.690 pontos na máxima do dia e 94.825 na mínima. O dólar comercial caiu pelo segundo dia consecutivo, negociado por R$ 3,86.

Os investidores demonstraram cautela em uma sessão mista para os principais mercados globais – positiva para europeus e asiáticos, mas sem direções claras para os índices americanos (Dow Jones, Nasdaq e S&P 500). No Brasil, o mercado aguarda a ida de Paulo Guedes, ministro da Economia, à Comissão Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara nesta quarta (3), para falar sobre a reforma da Previdência. Ainda no que diz respeito à proposta, a notícia de que o Congresso Nacional já se prepara para desidratar o texto desanima os investidores.

Entre as cinco ações mais negociadas do dia, apenas as preferenciais da Petrobras fecharam em alta (1,04%). Os papeis da Vale (-1,84%), Itaú Unibanco (-1,58%), Banco do Brasil (-0,87%) e Bradesco (-1,29%) registraram perdas.

Por que é importante

O Ibovespa deve oscilar enquanto não houver uma definição clara em relação à reforma da Previdência

Quem ganha

As ações da Via Varejo tiveram a maior alta do dia: 6,56%, cotadas a R$ 4,55

Quem perde

As ações da Usiminas tiveram a maior baixa do dia: -5,09%, cotadas a R$ 9,70

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + 19 =

Pergunte para a

Mônica.