Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Ibovespa fecha na maior marca desde maio

Ibovespa fecha na maior marca desde maio

O Ibovespa encerrou a quarta-feira em forte alta, subindo 1,34% aos 80.218 pontos, marca que não é alcançada desde 24 de maio. O desempenho foi puxado pela alta de empresas que divulgaram o resultado do segundo trimestre, como o Santander, que subiu 5,26%, e o Pão de Açúcar (alta de 7,68%). A alta do banco espanhol criou a expectativa de que outras empresas no setor bancário apresentem resultados semelhantes. Nesse cenário, subiram os papéis do Itaú (3,15%) e Bradesco (1,82%). Entre as ações mais negociadas do dia encerram em alta: Vale (0,86%), os papéis preferenciais da Petrobras (1,53%), além do Pão de Açúcar.

O dólar comercial registrou queda de 1,09%, cotado a R$ 3,70. Os investidores estão otimistas quanto ao encontro entre o presidente americano, Donald Trump, e da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, o que trouxe alívio à tensão comercial entre as potências.

Por que é importante
Segundo analistas, a temporada de divulgação de balanços deve continuar impulsionando altas na bolsa durante a semana
Quem ganha
As ações da Pão de Açúcar registraram a maior alta do dia (7,68%), cotadas a R$ 81,84
Quem perde
As ações da Gerdau registraram a maior baixa do dia (1,90%), cotadas a R$ 7,75

Envie seu comentário