PATROCINADORES

Em dia de baixa, Ibovespa fecha setembro no azul

O Ibovespa fechou a segunda-feira (30) em baixa de 0,32%, aos 104.745 pontos, com os investidores de olho na votação da reforma da Previdência no Senado e o avanço das negociações comerciais entre Estados Unidos e China. O índice encerrou setembro com valorização de 3,57%. Entre as cinco ações mais negociadas do dia, subiram apenas os papéis da Vale (0,19%). Tiveram queda as ações preferenciais da Petrobras (-0,40%), Itaú Unibanco (-1.41%), Bradesco (-1,68%) e Ambev (-1,03%). O dólar fechou a segunda perto da estabilidade, em alta de 0,02%, cotado a R$ 4,15. A valorização da moeda norte-americana frente ao real no mês foi de 0,31%.

Por que é importante

O ânimo dos investidores deve melhorar em outubro com o possível fim da guerra comercial entre EUA e China e a aprovação da reforma da Previdência

Quem ganha

As ações da Localiza registraram a maior alta do dia (2,94%), cotadas a R$ 45,46

Quem perde

As ações da Natura registram a maior queda do dia (-2,84%), cotadas a R$ 33,86

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.