PATROCINADORES

Bolsa abre em queda em meio à guerra comercial entre EUA e China

Os mercados globais e o Ibovespa operam em queda generalizada em meio à guerra comercial entre EUA e China. O país asiático desvalorizou o yuan, que chegou ao nível mais baixo em uma década, além de pedir a suas estatais que suspendam as importações de produtos agrícolas dos americanos.

Às 11h15, o índice caia 1,85%, aos 100.739 pontos, após chegar à mínima de 100.440. Das cinco ações mais negociadas, todas fecharam a manhã em baixa: Vale (-3,68%), Petrobras preferencias (-2,22%), Magazine Luiza (-1,13%), Via Varejo (-1,10%) e Itaú (-0,66%). O dólar apresentou variação positiva de 1,39%, negociado a R$ 3,95.

Por que é importante

Após o anúncio de tarifas sobre produtos chineses na semana passada por parte dos americanos, os chineses decidiram retaliar nesta semana desvalorizando sua moeda, o que tem gerado impacto nas bolsas mundiais

Quem ganha

Todas as ações estão em queda. As ações da Suzano registravam a menor queda pela manhã (-0,36%), aos R$ 30,02

Quem perde

As ações da CSN registravam a maior queda da manhã (-4,73%), aos R$ 15,12

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 + vinte =

Pergunte para a

Mônica.