Document
PATROCINADORES
PATROCINADORES

Nº 359: ômicron sem pânico; vacinas ainda funcionam; Alemanha teme o Natal

Cautelosos, mas sem pânico

A cientista-chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS), Soumya Swaminathan (imagem), disse que a variante ômicron é muito transmissível, mas que as pessoas não devem entrar em pânico com isso. Em entrevista durante a conferência Reuters Next, nesta sexta-feira (3), Swaminathan disse que a melhor postura por parte dos governos é estar preparado e ser cauteloso, mas sem entrar em pânico. “Estamos em uma situação diferente de um ano atrás”, disse.

O que MONEY REPORT publicou hoje:

Vacinas ainda funcionam – e muito

Cientistas sul-africanos concluíram que as vacinas existentes contra a covid-19 evitam as manifestações graves da variante ômicron. Estudos preliminares indicam que um teste específico de PCR indicaria se o contágio é com a nova mutação sem ter que segmentar o genoma – o que é caro e demora alguns dias. A Rede de Vigilância do Genoma da África do Sul (NGS-SA) apresentou esses estudos à Comissão de Saúde do Parlamento. Apesar de ainda necessitarem tempo sobre o que já consideram ser o início da quarta onda, os pesquisadores garantem que estão concentrados na transmissibilidade e no efeito imune que as vacinas proporcionam.

____________________________________________

Informe Publicitário

____________________________________

Alemanha calcula o estrago

O ministro da saúde alemão, Jens Spahn, afirmou nesta sexta-feira (3) que o país deve atingir “um novo pico de hospitalizações por covid-19 em UTIs por volta do Natal”. Cerca de 4,8 mil pessoas infectadas com covid estão em tratamento intensiv. Para evitar mais casos graves e a circulação do vírus, a Alemanha anunciou na quinta-feira (2) um lockdown parcial para os não vacinados. A efetividade da medidas só será mensurado em três semanas.

Demissão de não vacinados suspensa

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu o julgamento da decisão que suspende a vigência de dispositivos da Portaria 620 do Ministério do Trabalho, que proíbe a demissão do trabalhador que não tiver tomado as vacinas contra a covid-19. A análise foi iniciada na quinta-feira (2) e estava prevista para durar uma semana no plenário virtual. Em 12 de novembro, o ministro Luís Roberto Barroso, relator do caso, atendeu ao pedido feito por partidos de oposição e suspendeu o dispositivo que proibia a exigência de comprovante de vacinação na contratação ou para continuidade do vínculo de emprego.

.

Butantan premiado

Prazos de vacinas em SP

Painel Coronavírus

Vacinados 
• 849,84 milhões no mundo (10,79% da população com a primeira dose) *
• 8,12 bilhões de doses distribuídas (104,2% da população global — cumulativo, incluindo doses de reforço e estoques) *
• 19,02 milhões no Brasil (8,91% da população)
* dados globais aproximados

Segunda dose *
• 3,47 bilhões no mundo (44,02% da população)
• 140,51 milhões de brasileiros (65,87% da população) *
* dado global aproximado

Casos confirmados no Brasil
• 22.129.409 – acumulado
• 10.627 – novos infectados
• 21.357.412 – recuperados 
• 156.597 – em acompanhamento 
• 10.530,4 – incidência por grupo de 100 mil habitantes

Mortes confirmadas no Brasil
• 615.400 – óbitos acumulados
• 221– novas vítimas fatais
• 2,8% – letalidade
• 292,8 – mortalidade por grupo de 100 mil habitantes

Dados nacionais atualizados em 03/12/2021, às 18h30

Fontes: Ministério da Saúde, secretaria estaduais e municipais de saúde, Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), consórcio de veículos de imprensa, Organização Mundial de Saúde (OMS) e Universidade Johns Hopkins

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.