Document
PATROCINADORES

Nº 329: contágio sobe no Brasil; Europa preocupa; aulas 100% presenciais

Transmissão volta a subir

A taxa de transmissão da covid-19 no Brasil está em 1,04, aponta o monitoramento do Imperial College de Londres, no Reino Unido. Isso significa que a cada 100 pessoas com o vírus infectam outras 104. Na semana anterior, a taxa estava em 0,68 — menor índice desde abril de 2020. Qualquer valor acima de um significa aceleração das infecções, o que exige medidas das autoridades.

O que MONEY REPORT publicou hoje

Nova onda europeia

Novas medidas de restrição foram anunciadas pelo primeiro-ministro da Holanda, Mark Rutte

Os contágios voltaram a crescer em países europeus: a pandemia não acabou no Reino Unido e meses difíceis virão conforme o inverno no Hemisfério Norte se aproxima, disse o vice-chefe médico da Inglaterra, Jonathan Van-Tam, nesta quarta-feira (3). A Alemanha se vê afetada por uma “pandemia dos não vacinados”, alertou o ministro da Saúde, Jens Spahn, que pediu o reforço das medidas para frear o aumento de casos no país. Enfrentando novas infecções, o governo italiano voltou a cogitar tornar obrigatória a vacinação contra a doença, ao menos para algumas categorias. A Holanda está retomando medidas contra o coronavírus, incluindo o uso de máscara em espaços públicos, informou o primeiro-ministro, Mark Rutte, na terça-feira (2). “As infecções e as internações estão aumentando”, disse.

Uma morte em SP

A cidade de São Paulo registrou na segunda-feira (1º) apenas um óbito por covid-19. Foi o terceiro dia seguido em que hoube apenas um registro, o que possibilita que a média móvel de mortos em sete dias despencasse para 3,86. Os dados ainda podem ser revistos, já que em feriados as notificações costumam ficar atrasadas. O resultado está sendo celebrado pela equipe da Secretaria Municipal de Saúde: desde março de 2020, mesmo em feriados prolongados, jamais as notificações foram tão baixas.

____________________________________________

Informe Publicitário

___________________________________________

Corpos em covas coletivas serão exumados

Os corpos de 15 amazonenses, vítimas de covid-19 em 2020, serão exumados. Quando a pandemia se agravou em abril, o serviço funerário entrou em colapso, obrigando a abertura de covas coletivas. Na terça-feira (2), o prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), disse que cada uma dessas pessoas deve ser sepultada individualmente, com todo o respeito e dignidade devidos às vítias e parentes.

Aulas voltam sem revezamento

A partir desta quarta-feira (3), no Estado de São Paulo, é obrigatória a presença sem revezamento de todos os alunos das escolas das redes estadual, municipais e privadas vinculadas ao Conselho Estadual de Educação. Também não é mais obrigatório o distanciamento de um metro entre os alunos. A medida, anunciada pelo governo estadual em outubro, ampliará para 100% o acesso e a frequência na educação básica. No Distrito Federal, alunos da rede pública também retornaram ao 100% presencial. Segundo a Secretaria de Educação, a expectativa é que 460 mil estudantes de 686 escolas de todo DF retornem para reta final do ano letivo de 2021.

Pfizer testa medicamento em brasileiros

Os testes clínicos de um medicamento contra a covid-19 começaram a ser feitos no Brasil. A pesquisa desenvolvida pela Pfizer utiliza a molécula PF-07321332, um antiviral da classe dos inibidores de protease. Segundo a farmacêutica, o remédio, administrado via oral, já mostrou potencial para ser utilizado contra o novo coronavírus. Mais de 20 centros de pesquisa brasileiros fazem parte dos estudos clínicos de fases 2 e 3. Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rio de Janeiro e São Paulo têm instituições que farão os testes. Para participar do estudo é necessário ter mais de 18 anos.

Metrô mantém máscaras

Vacinação na América Latina

Pfizer no instituto

Painel Coronavírus

Vacinados *
• 845 milhões no mundo (10,74% da população com a primeira dose)
• 7,13 bilhões de doses distribuídas (90,59% da população — cumulativo, incluindo doses de reforço)
• 155,23 milhões no Brasil (72,77% da população)
* dados globais aproximados

Segunda dose **
• 3,06 bilhões no mundo (38,97% da população)
• 121 milhões de brasileiros (56,72% da população)
** dado global aproximado

Casos confirmados no Brasil
• 21.835.785 – acumulado
• 14.661 – novos infectados
• 21.035.876 – recuperados 
• 192.287 – em acompanhamento 
• 10.390,7 – incidência por grupo de 100 mil habitantes

Mortes confirmadas no Brasil
• 608.235 – óbitos acumulados
• 164 – novas vítimas fatais
• 2,8% – letalidade
• 289,4 – mortalidade por grupo de 100 mil habitantes

Dados globais e nacionais atualizados em 03/11/2021, às 17h30

Fontes: Ministério da Saúde, consórcio de veículos de imprensa, Universidade Johns Hopkins (EUA) e Fiocruz

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.