Document
PATROCINADORES

Nº 311: internações paulistanas em queda; duas agulhadas da Janssen; Rússia em alerta

Menos hospitalizações

A Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo analisou as internações de por covid-19 entre 8 e 28 de setembro que demonstrou uma queda de 90% nas hospitalizações no período em relação ao pico da pandemia. Os dados foram coletados em instituições da rede pública municipal. Aponta o jornal Folha de S.Paulo neste sábado (16). Nas semanas verificadas, 1.082 hospitalizações. No primeiro trimestre de 2021, durante a segunda onda, cerca de 10 mil foram internados em período equivalente. A pesquisa considerou apenas os adultos acima de 18 anos.

O que MONEY REPORT publicou hoje:

Reforço da dose única

O comitê da Administração de Alimentos e Drogas dos Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês) votou favorável para a autorização de uma segunda dose da Janssen, braço da Johnson & Johnson. A aplicação será a partir de dois meses da primeira para qualquer pessoa com 18 anos ou mais. De acordo com portal The Hill na sexta-feira (15), houve um debate acalorado se era uma segunda dose ou reforço, já que o imunizante é considerado dose única.

Uruguai abre fronteiras

Presidente do Uruguai, Lacalle Pou

O Ministério do Turismo do Uruguai afirmou que deve implementar um plano para aplicar doses de reforço em turistas que estejam viajando ao país, a partir de 1º de novembro, quando as fronteiras serão abertas a todos os estrangeiros vacinados. Segundo o ministro Tabaré Viera, o presidente, Lacalle Pou, aprovou a medida, mas falta a oficialização do Ministério da Saúde.

Para receber suas doses

  • Uma terceira dose de reforço para adultos que se vacinaram com duas doses;
  • Primeiras doses para adolescentes de 12 a 18 anos, vindos de países em que a vacina ainda não esteja sendo oferecida para esta faixa etária;
  • Adultos estrangeiros não poderão tomar a primeira ou segunda dose no Uruguai, pois devem entrar no país já completamente vacinados.

__________________________________________________________________

Informe Publicitário

__________________________________________________________________

Rali da vacinação neozelandês

A Nova Zelândia começou neste sábado uma iniciativa nacional para vacinar a maior quantidade possível de pessoas. Chamado de Super Sábado, tem a meda de administrar pelo menos 100 mil doses em um único dia e impulsionar para um marco de vacinação de 90%.

Russos mortos

A Rússia relatou um recorde de 1.002 mortes neste sábado, apontam as informações da Reuters. É a primeira vez que a marca de mil é ultrapassada em um único dia no país desde o início da pandemia, elevando os óbitos nacionais para 222.315. Novos casos confirmados atingiram um recorde de 33.208, elevando o total oficial para 7.958.384.

Painel Coronavírus

Vacinados

• 3,83 bilhões no mundo (49,1% da população)
• 6,65 bilhões no mundo (88,66% da população — cumulativo)
• 151,2 milhões no Brasil (71% da população)

Segunda dose *

• 2,77 bilhões no mundo (35,6% da população)
• 105,1 milhões de brasileiros (49,37% da população)
* dados aproximados

Casos confirmados no Brasil
• 21.638.726 – acumulado
• 11.250 – novos infectados
• 20.783.940 – recuperados
• 251.634 – em acompanhamento
• 10.297 – incidência por grupo de 100 mil habitantes

Mortes confirmadas no Brasil
• 603.152 – óbitos acumulados
• 483 – novas vítimas fatais
• 2,8% – letalidade
• 287 – mortalidade por grupo de 100 mil habitantes

Dados vacinais atualizados em 16/10/2021, às 18h

Fontes: Ministério da Saúde, consórcio de veículos de imprensa, Universidade John Hopkins (EUA) e Fiocruz

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.