Document
PATROCINADORES

Nº 305: trabalhos desocupados; menos internados; escolas pioram situação afora

Afastamento do trabalho em 2021

A covid-19 foi a principal causa de afastamentos do trabalho acima de 15 dias e gerou o maior número de benefícios por incapacidade temporária (antigo auxílio-doença) nos primeiros sete meses de 2021. Até julho, foram 68.014 concessões, segundo dados do Ministério do Trabalho e Previdência. O número já equivale a 54,5% das liberações para segurados com a doença em todo ano passado.

Em 2020, a covid-19 foi a terceira maior causa de concessões de benefício por incapacidade temporária no país, ficando atrás apenas de problemas relacionados a coluna e ombro. No total, foram 37.045 liberações do antigo auxílio-doença devido à doença em 2019 — 1,6% do total de concessões do benefício em 2020, que foi de 2.341.029.

O que MONEY REPORT publicou hoje:

Sintomas em pacientes com comorbidades

Uma pesquisa da USP em 175 pacientes com comorbidades e que tiveram covid-19 apontou que em 80% dos casos os sintomas pós-doença permanecem por até quatro meses após o início da fase mais aguda da infecção. Segundo o estudo, os sintomas mais comuns observados foram fadiga, fraqueza, dor de cabeça, falta de ar, tosse, esquecimento e perda de memória. Os dados foram apresentados pelos pesquisadores na sexta edição da Conferência Internacional de Prevenção e Controle de Infecções, em Genebra, na Suíça.

______________________________________________

Informe Publicitário

_________________________________________________

São Paulo tem menor número de internados

O Estado de São Paulo registrou no fim da tarde sábado (9) 4,23 mil pessoas internadas por covid-19, segundo boletim diário divulgado pelo governo do Estado. Conforme o balanço, o número é o menor desde 5 de abril de 2020, ou seja, o menor dos últimos 18 meses. O indicador também ficou sete vezes menor que o reportado no pico da segunda onda da pandemia, que ultrapassou 31 pacientes com a doença. Do total de hospitalizados no Estado, 2.045 estavam ontem em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e 2.185 em enfermaria. A taxa de ocupação de leitos de UTI era de 38,7% na região da Grande São Paulo e 31,2% no Estado. Em leitos de enfermaria, a taxa de ocupação era de 30,6% na Grande São Paulo e 21,6% no Estado.

Covid dispara em escolas inglesas

In Britain, Young Children Don't Wear Masks in School - The New York Times

A Inglaterra fez uma aposta de alto risco quando, em setembro, mandou milhões de estudantes de volta à escola sem a exigência de vacinação ou de uso de máscara, ao mesmo tempo em que o coronavírus continuava a propagar-se na população. Na terça-feira (5) o Departamento de Educação divulgou seu boletim mais recente sobre o funcionamento do plano: 186 mil estudantes faltaram à escola em 30 de setembro com casos suspeitos ou confirmados de covid. É um número 78% superior ao de 16 de setembro, além de ser o mais alto desde que a pandemia começou.

Prazo de validade da Janssen

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou por unanimidade no sábado (9) a extensão do prazo de validade da vacina contra a covid-19 da Janssen de 4,5 meses para 6 meses, sob condições de armazenamento de 2°C a 8°C. A empresa Janssen-Cilag Farmacêutica solicitou a alteração do prazo no dia 15 setembro para a autorização temporária de uso emergencial, em caráter experimental. Segundo a Anvisa, a aprovação foi baseada “em uma criteriosa avaliação dos dados de qualidade dos estudos que demonstrou que a vacina se manteve estável pelo período (6 meses)”.

Jovens vacinando

Painel Coronavírus

Vacinados

• 3,84 bilhões no mundo (49,35% da população)
• 6,48 bilhões no mundo (86,4% da população — cumulativo)
• 149,7 milhões no Brasil (70,11% da população)

Segunda dose *

• 2,57 bilhões no mundo (34,5% da população)
• 99,31 milhões de brasileiros (46,56% da população)
* dados aproximados

Casos confirmados no Brasil
• 21.575.820 – acumulado
• 8.639 – novos infectados
• 20.678.858 – recuperados
• 295.951 – em acompanhamento
• 10.267 – incidência por grupo de 100 mil habitantes

Mortes confirmadas no Brasil
• 601.011 – óbitos acumulados
• 182 – novas vítimas fatais
• 2,8% – letalidade
• 286 – mortalidade por grupo de 100 mil habitantes

Dados vacinais atualizados em 10/10/2021, às 18h

Fontes: Ministério da Saúde, consórcio de veículos de imprensa, Universidade John Hopkins (EUA) e Fiocruz

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.