Document
PATROCINADORES

Nº 285: Pfizer para os pequenos; doses descartadas; covid autoimune

Crianças protegidas

A Pfizer afirmou que a sua vacina induz proteção em crianças entre 5 e 11 anos contra a covid-19. A farmacêutica planeja pedir autorização para que o imunizante seja aplicado nesta faixa etária às autoridades dos Estados Unidos e da Europa. As empresas dizem que a inoculação gerou resposta imune em ensaios clínicos de fases 2 e 3 neste grupo etário. Os resultados se equivalem aos observador entre quem tem de 16 e 25 anos. Essas pesquisas logo atingirão crianças menores, contemplando praticamente todas as faixas etárias.

O que MONEY REPORT publicou hoje:

Suspeita autoimune

A agência de saúde norte-americana (NIH, na sigla em inglês) anunciou o início de um novo estudo para descobrir o porquê dos sintomas de covid-19 permanecerem por muito tempo em alguns pacientes, a chamada covid longa. A primeira teoria é que o vírus desencadeia uma reação autoimune no organismo. Por isso, sintomas como falta de ar, fadiga, perda de olfato e dores musculares persistem. “Não podemos afirmar ser uma doença autoimune, mas é o que começa a parecer”, afirmou o pesquisador da University of Arkansas for Medical Sciences, John Arthur, ao Business Insider.

___________________________________________________________

Informe Publicitário

__________________________________________________________

Prevent Senior na mira

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e o Procon-SP abriram novas investigações para averiguar denúncias contra a Prevent Senior nesta segunda-feira (20). A operadora de planos de saúde que atende principalmente idosos é suspeita de ocultação de informações sobre a morte de pacientes tratados com kit covid, mudança na Classificação Internacional de Doenças (CID) e de ter deixado de informar aos pacientes sobre o uso desses medicamentos, cuja eficácia não é comprovada contra a covid-19.

Desperdício de estoques

Detentores da maior parte dos estoques de vacinas no mundo, os países ricos podem ter que descartar mais de 100 milhões de doses. Os dados divulgados nesta segunda-feira (20) pela Airfinity, consultoria do setor farmacêutico, apontam que o G7 e a União Europeia (UE) terão mais 1 bilhão de vacinas acima do que precisam até o final de 2021 e 10% delas deverão expirar. As informações são da coluna do jornalista Jamil Chade, no UOL. Vale lembrar que a UE anunciou a doação de 200 milhões de doses aos países subdesenvolvidos.

Reforço aos imunossuprimidos

Seu Dimas responde

Painel Coronavírus

Vacinados

• 3,39 bilhões no mundo (43,05% da população)
• 5,95 bilhões no mundo (79,3% da população — cumulativo)
• 141,88 milhões no Brasil (66,51% da população)

Segunda dose *

• 2,37 bilhões no mundo (30,5% da população)
• 80,59 milhões de brasileiros (37,78% da população)
* dados aproximados

Casos confirmados no Brasil
• 21.247.667 – acumulado
• 7.884– novos infectados
• 20.230.891 – recuperados
• 425.821 – em acompanhamento
• 10.111 – incidência por grupo de 100 mil habitantes

Mortes confirmadas no Brasil
• 590.955 – óbitos acumulados
• 203 – novas vítimas fatais
• 2,8% – letalidade
• 281 – mortalidade por grupo de 100 mil habitantes

Dados atualizados em 20/09/2021, às 17h30

Fontes: Ministério da Saúde, consórcio de veículos de imprensa, Universidade John Hopkins (EUA) e Fiocruz

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.