Document
PATROCINADORES

Nº 246: milhões de doses paradas; vítimas diabéticas; coágulos controlados

Delta faz vítima em Aparecida de Goiânia

A Secretaria de Saúde de Goiás confirmou a primeira morte pela variante delta no estado nesta quinta-feira (12). O caso ocorreu em Aparecida de Goiânia. O estado registrou 10 casos da cepa confirmados por sequenciamento genômico. Até o momento, não há transmissão comunitária detectada.

O que MONEY REPORT publicou hoje

Restrição de idade zera coágulos raros

O Reino Unido não registrou novos casos de coágulos sanguíneos graves por causa da Covishield desde que a aplicação do imunizante foi restrita a faixa etária abaixo dos 40 anos. Um artigo sobre a descoberta foi publicado no New England Journal of Medicine, nesta quarta-feira (11).

Anvisa autoriza novo uso emergencial

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou na quarta-feira (11) o uso do medicamento Regkirona (regdanvimabe) em caráter experimental contra o coronavírus. O remédio injetável é de uso hospitalar restrito e só pode ser empregada após teste positivo para o Sars-CoV-2 no prazo de sete dias após o início dos sintomas.

Milhões de doses paradas em Guarulhos

O Ministério da Saúde admitiu que 9,5 milhões de doses da Pfizer e da Coronavac seguem estocadas em seu centro de logística, na cidade de Guarulhos (SP). Sem previsão de despacho, os imunizantes ainda precisam receber certificações de qualidade para serem distribuídos.

Terceira agulhada para vulneráveis

A Administração de Alimentos e Drogas (FDA, na sigla em inglês) dos EUA deve autorizar uma terceira agulhada para pessoas que possuem sistema imunológico enfraquecido. A reguladora busca diminuir os contágios da cepa delta, que se espalha pelo país. A decisão deve expandir o emprego dos inoculantes da Pfizer e da Moderna.

_____________________________________________________________________

Informe Publicitário

_______________________________________________________________________

Coreia do Sul cria clínica sem contato físico

Um hospital sul-coreano desenvolveu uma cabine de testes móvel sem contato físico direto entre pacientes e profissionais de saúde. Nela é recolher material para testes e habilitar consultas de telemedicina. O Hallym University Sacred Heart Hospital diz que desenvolveu uma clínica completa para livrar as equipes do desconforto das roupas de proteção de corpo inteiro no calor.

Crise de diabetes nos EUA

A pandemia teve um impacto devastador sobre milhões de americanos com diabetes. Profissionais de saúde e cientistas notaram desde o início que muitos pacientes com coronavírus desenvolveram quadros graves também tinham diabetes. O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) dos EUA afirmou que 40% ou mais dos óbitos ocorreram em pacientes nessa condição.

A partir deste domingo (15), todo viajante que desejar visitar o Ceará precisará apresentar um teste negativo da covid-19 ou um comprovante de imunização completa (uma ou duas doses). Vale tanto exame de antígeno quanto RT-PCR, que devem ser realizados até 72 horas antes do embarque. A medida vale para voos comerciais e particulares.

Cariocas retomam campanha

Painel Coronavírus

Vacinados (cumulativos)
• 4,59 bilhões no mundo (61,2% da população)
• 110,27 milhões no Brasil (51,76%; da população)

Segunda dose *
• 1,2 bilhão no mundo (16% da população)
• 47,3 milhões de brasileiros (22,2% da população)
* dados aproximados

Casos confirmados no Brasil
• 20.285.067 – acumulado
• 39.982 – novos infectados
• 19.151.021 – recuperados
• 567.150 – em acompanhamento
• 9.653 – incidência por grupo de 100 mil habitantes

Mortes confirmadas no Brasil
• 566.896 – óbitos acumulados
• 1.148 – novas vítimas fatais
• 2,8% – letalidade
• 270 – mortalidade por grupo de 100 mil habitantes

Dados atualizados em 12/07/21 – 19h30

Fontes: Ministério da Saúde, consórcio de veículos de imprensa, Universidade Johns Hopkins (EUA) e Fiocruz

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.