Document
PATROCINADORES

Nº 234: África e a desigualdade vacinal; IFA nacional; testes clínicos da SpiNTec

Extratos da pandemia na África

Dificuldades logísticas, escassez e desigualdade marcam a campanha de imunização no continente africano. Enquanto o Marrocos conseguiu o suficiente para 36,32% da sua população, Burundi e Eritreia não receberam nenhuma dose, apontam os dados de sexta-feira (30) do Centro de Controle e Prevenção de Doenças da África (CDC Africa, na sigla em inglês). Outros países receberam quantidades irrisórias, como Saara Ocidental, com 20 mil doses para uma população de 600 mil pessoas, Sudão do Sul, que recebeu 60 mil doses para 11,2 milhões ou a República Centro-Africana, com 80 mil doses para 4,8 milhões. O país mais adiantado é o Marrocos, seguido da África do Sul, com 8,7 milhões de doses 59,3 milhões. Depois o Egito, 7,3 milhões de doses para 102,3 milhões. Porém, o mais populoso do continente, a Nigéria, recebeu 3,9 milhões de doses para com 206 milhões, já esgotou seu estoque.

O que mais MONEY REPORT publicou

AstraZeneca nacional

A Fiocruz anunciou na sexta-feira o início da produção 100% nacional da AstraZeneca. Por enquanto, o primeiro lote está em fase de pré-validação com o ingrediente farmacêutico ativo (IFA).

O imunizante mineiro

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou neste sábado (31) que recebeu pedido para realização de estudos clínicos de fase 1 e 2 da SpiNTec. O imunizante é desenvolvido pelo CTVacinas, no centro de pesquisas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). A solicitação foi enviada na sexta-feira (30).

__________________________________________________________________________________________________________

Informe Publicitário

________________________________________________________________________________________________________________

Voos para a terra das castanholas

Foi liberada a entrada de voos partindo do Brasil na Espanha. Por conta da pandemia, a interrupção acontecia desde fevereiro deste ano. O Twitter da embaixada espanhola anunciou neste sábado (31). Começa a valer a partir de 3 de agosto.

Países que já aprovaram ou aplicam a terceira dose

  • Bahrain: em aplicação;
  • Emirados Árabes Unidos: em aplicação;
  • França: aprovado recentemente;
  • Israel: aprovado recentemente;
  • República Dominicana: em aplicação;
  • Rússia: em aplicação;
  • Uruguai: aprovado recentemente.

Painel Coronavírus

Vacinados

• 4,11 bilhões no mundo (54,8% da população)
• 96,14 milhões no Brasil (45,13% da população)
* primeira dose

Segunda dose *
• 1,08 bilhão mundo (14,4% da população)
• 38,6 milhões de brasileiros (18,14% da população)
* incluindo dose única

Casos confirmados no Brasil

• 19.917.855 – acumulado
• 18.619.542 – recuperados
• 741.943 – em acompanhamento
• 37.582 – novos infectados
• 9478,1 – incidência por grupo de 100 mil habitantes

Mortes confirmadas no Brasil

• 556.370 – óbitos acumulados
• 910 – novas vítimas fatais
• 2,8% – letalidade
• 264,8 – mortalidade por grupo de 100 mil habitantes

Dados atualizados em 31/07/21 – 18h30

Fontes: Ministério da Saúde, Conselho Nacional de Secretários de Saúde e Universidade Johns Hopkins (EUA)

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.