Document
PATROCINADORES

Nº 214: Pfizer discute dose de reforço; Fukushima sem público; SP antecipa vacinação

Terceira dose e variantes

A Pfizer se reunirá com as autoridades de saúde dos Estados Unidos na segunda-feira (11) para discutir a necessidade de uma dose de reforço contra a covid-19. A reunião ocorre dias após a farmacêutica anunciar a intenção à aprovação regulatória dos EUA e Europa para uma terceira dose em meio à disseminação das variantes. De acordo com a Pfizer, há evidências de risco elevado de infecção seis meses após a inoculação inicial.

O que MONEY REPORT publicou hoje

App da tosse

A organização internacional sem fins lucrativos Virufy desenvolveu um aplicativo com inteligência artificial (IA) para a detecção da covid-19, cuja precisão fica entre 80% e 85%, e deu início aos testes clínicos no Brasil, no Hospital Regional Hans Dieter Schmidt, em Joinville (SC). A organização está em negociações com outros hospitais do Sudeste, Norte e Nordeste. A gerente da Virufy, Soraya Cavalcanti, explicou que o foco é expandir as parcerias para que o sistema identifique as variações dos sons das tosses.

Fukushima sem espectadores

Azuma Baseball Stadium, Fukushima

A prefeitura de Fukushima, no Japão, proibirá espectadores nas Olímpiadas devido ao coronavírus, afirmou o governo local neste domingo (11). Esse é um recuo de uma posição anunciada anteriormente. O local sediará partidas de softball e beisebol. A decisão é outro golpe nas esperanças de usar os jogos como vitrine para mostrar a recuperação do desastre ocorrido há uma década que destruiu uma usina nuclear.

______________________________________________________________________________________________________________________________

Informe publicitário

_____________________________________________________________________________________________________________________________

Visitas retomadas em presídios

Suspensas desde março de 2021 devido às contaminações, as visitas aos detentos no estado de São Paulo foram retomadas no sábado (10). A Secretaria de Administração Penitenciária criou regras que vão desde a entrada de apenas uma pessoa e permanência máxima de até 2 horas. Pessoas do grupo de risco, com 60 anos ou mais, para terem acesso, devem apresentar comprovante de vacinação com o ciclo completo emitido há pelo menos 20 dias – também vale para a dose única – além da carteirinha de visitante, documento oficial com foto (RG ou CNH). As visitas são permitidas em 2 horários aos sábados e domingos (9h às 11h; 13h às 15h). Para evitar aglomerações, foi criado um rodízio que obedece ao número final da matrícula dos reeducandos e ao número do pavilhão, divididos por pares ou ímpares. Os pavilhões identificados por letras, serão: pares (B, D, F, H, J e L) e ímpares (A, C, E, G, I, K e M).

Novo calendário paulista

Passaporte chileno

O governo do Chile anunciou neste domingo (11), o plano de relaxamento aos imunizados com o Pase de Movilidad. O aplicativo é um passaporte de vacinação que permite aos cidadãos inoculados maior liberdade no país. Entretanto, no site do governo, o uso de máscaras, lavagem das mãos, distanciamento social e ventilação dos espaços se mantém obrigatórios. O app entrará em vigor em 15 de julho.

Painel Coronavírus

Vacinados

• 3,42 bilhões no mundo (45,6% da população)
• 112,77 milhões no Brasil (52,94 da população)

* primeira dose ou dose única

Segunda dose *
• 929,06 milhões no mundo (11,9% da população)
• 30,03 milhões de brasileiros (14,1% da população)
* dados aproximados

Casos confirmados no Brasil

• 19.089.940 – acumulado
• 17.588.312 – recuperados
• 968.140 – em acompanhamento
• 20.937 – novos infectados
• 9.084 – incidência por grupo de 100 mil habitantes

Mortes confirmadas no Brasil

• 533.488 – óbitos acumulados
• 595 – novas vítimas fatais
• 2,8% – letalidade
• 254,0 – mortalidade por grupo de 100 mil habitantes

Dados atualizados em 11/07/21 – 18h

Fontes: Ministério da Saúde, Conselho Nacional de Secretários de Saúde e Universidade Johns Hopkins (EUA)

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.