Document
PATROCINADORES

Nº 179: CEO sem resposta; a desistência de Hajjar; quarta onda e Copa América no Rio

Por uma reposta do Brasil

De acordo com a coluna do jornalista Lauro Jardim no site O Globo deste domingo (6), a negligência do Planalto em relação à Pfizer foi descabida a ponto que em meados de 2020, James Quincey (imagem em destaque), integrante do conselho mundial da farmacêutica e CEO global da Coca-Cola, contatou empresários brasileiros, não relevados, para tentar fazer uma interlocução com o governo após os insucessos da empresa, também sem êxito. Vale lembrar que o senador e vice-presidente da CPI da Pandemia, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), revelou que 53 e-mails enviados pela Pfizer ao governo não foram respondidos no período.

O que MONEY REPORT publicou hoje

Indisposição para mudar

Média cardiologista, Ludhmila Hajjar: “Estava ali para ajudar, mas não deu”

A cardiologista e professora da Universidade de São Paulo (USP), Ludhmila Hajjar, explicou que o motivo de sua rejeição ao convite ao Ministério da Saúde aconteceu devido à falta de vontade do Planalto em mudar a gestão do combate à pandemia. Em entrevista ao jornal O Globo, ela explicou: “Estava ali para ajudar, mas não deu. Não estou no Ministério da Saúde pois não houve convergência de ideias entre mim e o presidente da República”. Seu nome era o preferido do Centrão, principalmente do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).

40% mais contagiosa

A cepa Delta (B.1.617), detectada na Índia, é 40% mais contagiosa que a encontrada no Reino Unido, Alpha (B.1.1.7), o que pode dificultar a meta do governo britânico de redução das restrições prevista para 21 de junho, afirmou o ministro da saúde do país, Matt Hancock. “É mais difícil lidar com a nova variante. Mas, após duas doses da vacina, temos certeza que uma proteção semelhante a variante antiga ocorrerá”.

Profissional em risco

Virologista Belga, Marc Van Ranst

O principal virologista da Bélgica, Marc van Ranst, atualmente mora em um esconderijo com sua esposa e o filho, sob proteção de agentes de segurança após sofrer ataques e ameaças durante a pandemia, aponta uma reportagem da BBC Londres deste sábado (5). Ele foi alvo de Jürgen Conings, um ex-soldado de extrema-direita que jurou vingar-se de virologistas e defensores do lockdown. Conings está foragido.

Decisões fluminenses

Governador Claudio Castro (PL-RJ) sobre a Copa América no Rio: “Só seguir os protocolos”

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), afirmou no sábado (5), que o estado se prepara para uma quarta onda. “Estamos nos preparando, fazendo a manutenção dos leitos abertos. Entre a primeira e a segunda onda, tivemos uma desmobilização. Agora mantemos os leitos abertos”, afirmou. Sobre a Copa América no Rio, ele explicou que as fronteiras estão abertas e mil pessoas entram no país todos os dias. Há Libertadores, Copa do Brasil, então, não ter Copa América é incoerente. Entretanto, o Rio acumula 883 mil casos e 51,5 mil mortes por covid-19.

Anvisa espera documentos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou neste domingo (6) que aguarda os documentos do Instituto Butantan para avaliar o pedido de início de estudos em seres humanos da ButanVac. O pedido foi apresentado em 26 de março deste ano.

Painel Coronavírus

Vacinados
• 2,12 bilhão no mundo (28,2% da população)
• 71,43 milhões no Brasil (33,3% da população)

Segunda dose
• 421 milhões no mundo (5% da população) *
• 22,8 milhões de brasileiros (10,8% da população)
* dados arredondados

Quando será a minha vez?
Não há dia certo, porém no link da plataforma “Quando vou ser vacinado” é possível obter uma estimativa. Como os dados são atualizados quase todos os dias, as expectativas mudam de acordo com a quantidade de doses aplicadas, grupos atendidos, faixas etárias e estado. Confira.

Leitos de UTI
• 90% * de ocupação total em 13 estados brasileiros e o DF
* Não há uma contagem sistemática e centralizada dos leitos de UTI disponíveis nas redes pública e privada do país. O levantamento de MR é baseado nas informações veiculadas na imprensa

Casos confirmados no Brasil
• 16.947.062 – acumulado
• 39.637 – novos infectados
• 15.342.286 – recuperados
• 1.121.372 – em acompanhamento
• 8064,4 – incidência por grupo de 100 mil habitantes

Mortes confirmadas no Brasil
• 473.404 – óbitos acumulados
• 873 – novas vítimas fatais
• 2,8% – letalidade
• 225,3 – mortalidade por grupo de 100 mil habitantes

Dados atualizados em 06/06/21 – 19h00

Fontes: Ministério da Saúde, consórcio de veículos de imprensa, Universidade Johns Hopkins (EUA) e Fiocruz

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.